sexta-feira, setembro 09, 2016

Cinco anos sem Geórgia Gomide, tempo de saudades

Michel Luiz Castellar para Tv Tupi
34 min
GEÓRGIA GOMIDE: uma estrela que nunca se apagará !
Ela passou por todas as emissoras que lidaram com teledramaturgia. Fez parte dos primórdios do formato telenovela, e teve uma trajetória brilhante, espetacular na TV TUPI. GEÓRGIA GOMIDE deixou sua marca na teledramaturgia nacional, interpretando figuras que caíram no gosto do grande público. Ela estreou na televisão, no teleteatro SEM RAZÃO PARA MATAR, da TV TUPI, em 1962, ao lado de Percy Aires, Claudio Marzo e Wanda Kosmo. Em seguida, vieram outros tantos teleteatros como TRÊS DÚZIAS DE ROSAS VERMELHAS, MURALHAS, NINHO ENCANTADO, O MILAGRE, A LUVA, até protagonizar TEREZA RAQUIN, sob a direção de Benjamin Cattan. e em seguida OCEANO GUIOMAR, sob texto de Gianfrancesco Guarnieri.
Em telenovelas, Geórgia estreou em 1963, em MOULIN ROUGE, texto de Geraldo Vietri, que já havia escrito para ela, vários personagens nos mais de vinte teleteatros que ela participou. A GATA e O SORRISO DE HELENA, foram outros trabalhos de Geórgia, até ela protagonizar A OUTRA, um clássico de Walter George Durst, em que ela fez par com Walmor Chagas - química que foi repetida em outra emissora, em "Vereda Tropical", onde ela interpretou a dona de cantina, Bina: despojada, alto astral, estourada também, mas muito dada ao próximo. Na Globo, aliás, o destaque também vai para sua vilã em "Hipertensão", versão nova da novela da Tupi, "Nossa filha Gabriela" de Ivani Ribeiro.
Vale registrar, que o problema de visão enfrentado por Geórgia durante toda sua vida, não impediu seu sucesso na arte de representar. Em todos os canais que trabalhou, ela deixou um êxito para ser lembrado. Ia da mocinha à vilã, com grande perspicácia e talento, como em ÉRAMOS SEIS, onde deu vida à caipira Clotilde, irmã de Lola; ARITANA, onde viveu uma ex-miss - na vida real ela foi Miss Clube Pinheiros, na década de 50. E soma-se aí, ainda, outros trabalhos importantes na década de 70 na Tupi, como em GAIVOTAS, A REVOLTA DOS ANJOS, OVELHA NEGRA, DIVINAS & MARAVILHOSAS, enfim... Geórgia emendava um trabalho no outro, e ainda se dedicava aos palcos e ao Cinema. Neste último, destaques para CORISCO, CHÃO BRUTO e A SUPER FÊMEA, onde interpretou uma personagem que deu o que falar.
Geórgia, infelizmente, nos deixou há pouco mais de cinco anos. Ainda é recente, e sua imagem pra mim, é tão viva, que às vezes, assistindo alguns vídeos disponibilizados na internet - sobretudo de seus trabalhos na TUPI - esqueço que ela se foi. Mas alguns atores têm esse poder: deixam sua marca tão viva na Arte, que é como se ainda estivessem presentes nela...
**
Bravo Michel
Ovadia Saadia
**
Um ano após a morte da sua maior amiga, Jaime Palhinha, historiador de cinema e artistas do Brasil, criou a outorga do Troféu Geórgia Gomide com o objetivo de perpetuar o nome da grande atriz. Desde lá em eventos sucessivos leva a láurea para uma legião de nomes que tiveram destaque na dramaturgia e na canção do Brasil.

Jaime Palhina e Geórgia Gomide

Reportagem por volta de 1968


Primeira versão do Troféu no auditório Eva Wilma - 2011

2015 - Troféu na festa dos colunistas sociais com Mauricio Kus, Ovadia Saadia, Jaime Palhinha e o muito saudoso colunista social do RS Laney Langaro

O grande ator e humorista Renato Papa recebe de Jaime Palhinha seu "Troféu Geórgia Gomide"


Daniel Goldfinger, filho de Geórgia e o ator e cantor Victor Wagner recebem a láurea



O HISTORIADOR DE CINEMA JAIME PALHINHA, O MELHOR AMIGO DE GEORGIA, CRIOU EM 2011, DEPOIS DO FALECIMENTO DELA, UM PREMIO QUE LEVA O SEU NOME, QUE JÁ FOI DADO A GRANDES PERSONALIDADES COMO - MARCIA REAL, JUCA DE OLIVEIRA, ANGELA MARIA, CAUBY PEIXOTO, VANUSA, NILTON CÉSAR, DENNIS DERKIAN, VICTOR WAGNER, ROBERTO LUNA, EDITH VEIGA, OVADIA SAADIA E OUTROS. O FILHO DE GEORGIA, DANIEL, DOOU TODO O ESPÓLIO DA MÃE PARA JAIME PALHINHA.



Jaime Palhinha laurea e outorga o "Troféo Geórgia Gomide" em 2015




Dois grandes nomes do cenário teatral paulistano e nacional recebem o Troféu Georgia Gomide: o produtor e diretor Wilson Coca e o diretor Sebastião Aoplônio.
**

Por
<Ovadia Saadia> Equipe Produção
www.ovadiasaadia.com.br
Facebook  Ovadia Saadia
Face2- Lista Vip Ovadia Saadia
Face Febracos- Editor adjunto
Face Apacos- Editor
Twitter
Instagram @ovadiasaadia
*
Impressos:
Jornais JBA- 15 Jornais impressos – Coluna Encontros Notáveis
Jornal A Rua-Coluna Clara Confidencial impressa
Revista Go Where Luxo- Artigos turismo especiais- colaborador
Coluna Diária Lista VIP Ovadia Saadia- FaceBook
Coluna São Paulo- Jornal SUR, impresso, Paraná
Coluna SP Revista AutoEstima, impressa Curitiba, PR
Editor dos Blogs:
http://viagemespetaculo.blogspot.com.br/
Viagem Espetacular- Viagens & destinos
**
Traveller Chic O Viajante- Viagens e roteiros
**
http://noticiasinteligentesovadiasaadia.blogspot.com.br/
Notícias & Atualidades
**
Carnet Social Registros & Vip
**
LifeStyle Ovadia
**
Viver Paris
**
Traveller Chic- O Viajante das estrelas
**
Turismo e Hotelaria Top por Ovadia saadia
**
Produtos, Negócios & Serviços- Economia e Bussiness Top Brasil
**
Artes & Espetáculos- Teatro e Cinema Por Ovadia Saadia
**
Blog da Moda Atual por Aline Saadia
**
OnVogueHotels Hotelaria de luxo internacional
**
Show Business Brasil

Planeta Israel, atualidades São Paulo, Brasil e Israel, mundo judaico, turismo e opinião. Trilingue.


&


  • Presidente FEBRACOS- Federação dos Colunistas Sociais do Brasil
  • Presidente APACOS- Associação dos Colunistas Sociais do Estado de São Paulo

3 comentários:

  1. Muitos parabéns a todos e ao Jaime Palhinha pelo incentivo a memória nacional. Secretaria do Estado da Cultura.

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS, OVADIA SAADIA! EXCELENTE! ADOREI.....RECONHECIMENTO TOTAL!

    ResponderExcluir