domingo, setembro 28, 2014

Especial Alain Delon, Cannes, Paris, Africa e São Paulo, Regine's Club 1981

Ovadia Saadia.Flash-Back
Página inicial | Fale conosco | Assine a newsletter | TwitterBusca na seção:  

Alain Delon, elogios & correções, por Alfredo Sternheim
03/01/2006 - 11:10

twitterFacebookMy SpaceGoogleTechnoratiYahoo My Web

Ovadia, novamente você resgata de forma agradável e comunicativa momentos do passado esplendoroso de Sampa. Desta vez, a visita de Alain Delon ao Brasil. Mas houve um pequeno equívoco: ele não estava na entrevista com Jacques Charrier. Delon  veio pela primeira vez em 1964 (agosto ou setembro), em plena lua de mel com Nathalie Delon, sua primeira esposa e que era a cara dele. Delon estava no auge da beleza (29 anos) e veio em viagem da Metro para promover o filme "Terei o Direito de Matar?"; sua entrevista foi no hotel Jaraguá e sua presença na estréia no cine Metro parou a avenida São João, gays e travestis gritavam histéricos "lindo", etc...

Charrier veio antes, início de 1963 ou fim de 1962, na companhia de Catherine Deneuve e Jean-Claude Brialy para promover uma semana do Cinema Francês. Na entrevista coletiva no Terraço Martini , no Conjunto Nacional, na avenida Paulista, antes de começar foi pedido aos jornalistas que não fosse feita nenhuma pergunta à Charrier sobre Brigitte Bardot; o casamento dos dois tinha terminado um mês ou algumas semanas antes, ela tinha trocado ele por outro famoso. Mas cinco minutos depois de iniciada a entrevista, algum cronista inconveniente mencionou Brigitte. "Ah, chega", disse Charrier. E saiu acompanhado da bronzeadissima Catherine (ela tinha estado no Rio e a pele descascava no rosto) e Brialy. Assim terminou a coletiva. Delon veio depois.

De qualquer maneira, tua matéria é brilhante. Espero ver mais textos teus nessa linha. E conte comigo.

Um abraço.  

Alfredo Sternheim
Crítico, jornalista, diretor e escritor
Tels: (11) 3666-2785 e 9196-7675  
São Paulo, SP
E-mail: asternheim@uol.com.br

















Nenhum comentário:

Postar um comentário